Loja com produtos para jardinagem, móveis e decoração.

Como manter um belo jardim

Um belo jardim não nasce de um dia para o outro. Para mantê-lo belo, os trabalhos de manutenção são proporcionais ao seu tamanho – a manutenção de grandes jardins exige eficiência, enquanto os chamados “mini jardins” podem ter cuidados mais esporádicos. Teço algumas considerações a este respeito.

Para uma manutenção correta é preciso levar em consideração desde a sanidade vegetal, combate às pragas e o momento certo para isto até a escolha de adubos e defensivos, os tipos de equipamentos e o número e adequação das pessoas auxiliares para este trabalho.

Outro fator é a enorme variedade de plantas, que há grupos que se diferem em fisiologia, em sua adaptação aos diferentes climas, às exigências em adubação e ao modo de irrigação ideal.Tomemos um gramado, por exemplo: pequenos e significativos detalhes precisam ser seguidos à risca.

O uso a que se destinam: se for um gramado de campo de futebol, a variável que mais precisa de atenção é a compactação do solo provocada pela intensidade do uso. Um cronograma de seu uso ajuda a definir quando e como realizar os trabalhos de manutenção. O controle de ervas daninhas e cupins, o modo e a frequência da poda também são decisivos para mantê-los uniformes e saudáveis.

Quanto aos equipamentos, estes os auxiliam não só na qualidade final do serviço, mas também na rapidez com que este é executado, refletindo na redução dos custos. Assim, para a poda da grama em jardins com mais de 5.000 m2 recomenda-se o uso de tratores específicos para essas tarefas. Se adicionarmos à máquina o coletor de resíduos, diminui-se o tempo de execução e minimiza o uso de mão-de-obra.

Atentar para os detalhes é a certeza de que teremos belos jardins!

 

Texto publicado no Mundo Husqvarna

Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Comente este artigo

(obrigatório)

(obrigatório)