Loja com produtos para jardinagem, móveis e decoração.

Iluminando o Jardim

Seu jardim merece ser contemplado durante o dia: o sol que incide as 6 da manhã faz as gotas de orvalho brilharem como cristais. Ao meio dia, produz uma bela sombra na frondosa árvore. Já a tardinha, com seus raios dourados, acentuam as cores das plantas. E a noite? A noite, com o uso correto de lâmpadas e luminárias, criamos efeitos incríveis.

Um belo jardim à luz do dia ganha, durante a noite, contornos inimagináveis e fantásticos quando está bem iluminado.

De um modo geral: para iluminar herbáceas e arbusto de até 1,5m de altura, use luminárias com lâmpadas halopin. O feixe de luz é mais aberto e de menor alcance. Arbustos e palmeiras de 1,5 a 2,5 de altura, luminárias com lâmpadas PAR 20. Emite um feixe mais estreito e de maior alcance. Entre 2,5 a 6,0m, luminárias com PAR 30. Feixe de luz também estreito, com alcance ainda maior.

Árvores frondosas, luminárias com lâmpadas de vapor metálico AR111 são muito interesantes, além de mais econômicas. Árvores com uma grande copa ficam ainda mais belas quando iluminadas com essas lâmpadas de vapor que emitem luz de tonalidade amarelada.

Balizador

Foto: Geocerâmica

Existem diversos modelos de balizadores que são utilizados para marcar os caminhos. Os modelos de balizadores mais interessantes são aqueles que jogam o feixe de luz para baixo sem agredir os olhos de quem passeia.

As luminárias mais próxima dos transeuntes devem ter alhetas para que não ofusquem a visão.

Hoje existem as luminárias com lâmpadas de LED (do inglês light-emitting diode), que significa Diodo Emissor de Luz. São mais econômicas e duram mais. A desvantagem é que ainda custam mais caro que as lâmpadas convencionais. A grande vantagem é que a economia de energia permite que a iluminação seja usada com mais freqüência, além de serem ecologicamente corretas. Para iluminar com LED, procure lâmpadas que promovam o mesmo efeito da regra com as lâmpadas convencionais. Um exemplo é o espeto com 1 LED, que produz o mesmo efeito de um espeto com halopin.

A segurança da instalação não pode ser menosprezada. Escolha luminárias com vedação contra umidade e que sigam normas de segurança da ABNT. Use cabos de boa qualidade, flexíveis enterrando-os a 40 cm de profundidade.

Como não existem apenas plantas e caminhos em um jardim, mas também pergolados, lagos, fontes, esculturas, praças entre outros elementos, vale a pena contratar um profissional para elaborar um projeto de luminotécnica.

Depois de tudo pronto, é só ligar as luzes e desfrutar de seu belo jardim, de preferencia com uma agradável companhia e um excelente vinho!

Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Comente este artigo

(obrigatório)

(obrigatório)